segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Sobre meu blog e a "sabotagem" do google

Gostaria de fazer uma denúncia contra o google, dono do blogspot (blogger), pouco me importando se eles irão me cassar ou deixar meu blog "fora do ar". Pois bem, saibam meus seguidores que estou enfrentando na justiça brasileira TODOS os judeus RICOS DO MUNDO (os quais manipulam empresas, governos, funcionários públicos). Enfim, o stablishment da opressão está montado contra mim. Mas, felizmente, tenho aliados poderosos também (tanto na terra como, digamos, no céu - entenderam, né?). A última sacanagem do google foi só permitir que apenas pouquíssimos posts meus sejam acessados por quem busca meu blog. Além do google, a Microsoft (cujo sócio-fundador, senhor Paul Allen Gardner, um dos maiores acionistas, também é judeu) invade meu computador constantemente, mesmo estando offline - aliás, vou levar meu pc para perícia da Polícia Federal brasileira (vocês nem tem ideia das loucuras que têm acontecido com meu pc, aliás, quando reescrevi meu último livro, enfrentei problemas seríssimos de sabotagem no word, provavelmente praticados pela Microsoft). Sobre os governos manipulados, estão certamente o norte-americano, israelense, russo, inglês, japonês, o ex-governo do PT. Sobre outras empresas manipuladas, podemos citar a Rede Globo de Televisão, a Epson, a Shoptime (que me vendeu um telefone sem fio que apitava a qualquer momento e chegou a me acordar umas três vezes durante a madrugada: tenho certeza que tinha componente criminoso embutido no aparelho), a Iobit (software driver booster "batizado"). Isto é só para vocês sentirem o NÍVEL BAIXÍSSIMO, desses judeus ricos que se acham os donos do mundo. Talvez este seja meu último post. Um abraço a todos! (e talvez um adeus). Ah! Para quem não sabe, o google é de propriedade de judeus. (Observação: a "sabotagem" a qual me refiro só ocorre quando clico em "design" e depois "postagens", impossibilitando-me de visualizar a relação de TODOS os meus posts, sem precisar clicar toda hora em "postagens mais antigas".)

Nenhum comentário:

Postar um comentário