sexta-feira, 2 de junho de 2017

COMPOSIÇÃO 19



O EQUILÍBRIO

Os excessos são seu inimigo
Desde o tempo antigo
Os extremos representam perigo
São na pele o vitiligo

Mas o desequilíbrio cavalga silenciosamente
Para não despertar suspeita
Quer calar a voz da razão ainda presente
E está a serviço da besta rarefeita

O equilíbrio é o bem mais importante da vida
Independe de milagre, impede ferida
Palavra divina
Palavra poética
É o que determina
O que é ética e dialética
          (Refrão)

É um bem escasso, reprimido, entalado
Fruto do estrago
Causado pela ambição
Fruto de um mundo a ferro calado
Pelo dinheiro pago
Mundo em ebulição e decomposição

O equilíbrio é o respeito
É a dosagem no jeito
É um canal estreito
É o Estado de direito
É pausa, é causa, é efeito
É o mundo satisfeito

O equilíbrio é o bem mais importante da vida
Independe de milagre, impede ferida
Palavra divina
Palavra poética
É o que determina
O que é ética e dialética
          (Refrão)

O equilíbrio é o sóbrio que sobra
É o que sobra de bom
É o límpido tom
É a ausência de manobra

É a falência da mentira
É o desejo de partilha
É a inclusão irmã
É o futuro, o amanhã

O equilíbrio é o bem mais importante da vida
Independe de milagre, impede ferida
Palavra divina
Palavra poética
É o que determina
O que é ética e dialética
          (Refrão)

Os excessos são seu inimigo
Desde o tempo antigo
Os extremos representam perigo
São na pele o vitiligo

Mas o desequilíbrio cavalga silenciosamente
Para não despertar suspeita
Quer calar a voz da razão ainda presente
E está a serviço da besta rarefeita

O equilíbrio é o bem mais importante da vida
Independe de milagre, impede ferida
Palavra divina
Palavra poética
É o que determina
O que é ética e dialética
          (Refrão)

É um bem escasso, reprimido, entalado
Fruto do estrago
Causado pela ambição
Fruto de um mundo a ferro calado
Pelo dinheiro pago
Mundo em ebulição e decomposição

O equilíbrio é o respeito
É a dosagem no jeito
É um canal estreito
É o Estado de direito
É pausa, é causa, é efeito
É o mundo satisfeito

O equilíbrio é o bem mais importante da vida
Independe de milagre, impede ferida
Palavra divina
Palavra poética
É o que determina
O que é ética e dialética
          (Refrão)

O equilíbrio é o sóbrio que sobra
É o que sobra de bom
É o límpido tom
É a ausência de manobra

É a falência da mentira
É o desejo de partilha
É a inclusão irmã
É o futuro, o amanhã

O equilíbrio é o bem mais importante da vida
Independe de milagre, impede ferida
Palavra divina
Palavra poética
É o que determina
O que é ética e dialética
           (Refrão)

Equi, equi... equilíbrio
Ali, ali... alívio
Con, con... convívio
Ali, ali... alívio
Equilíbrio, equilíbrio... equi, equi... equilíbrio
                         (Refrão final)

Nenhum comentário:

Postar um comentário