sábado, 24 de junho de 2017

Como fazer a parceira ter um orgasmo no sexo anal

O assunto é meio polêmico entre o sexo o sexo feminino, mas há muitas mulheres que afirmam chegar ao extremo do prazer durante o sexo anal, isto é, o orgasmo. As sensações, segundo a maioria, são mais intensas que a de um orgasmo convencional, como arrepio, pernas bambas, visão embaralhada, taquicardia e sensação de leveza.  

Mas o que gera tanto prazer em uma mulher a ponto de ela ter um orgasmo durante o sexo anal? Bem, segundo a medicina, as terminações nervosas da região do ânus e dos esfíncteres são os responsáveis por boa parte do prazer naquela zona tida como super erógena – embora poucas mulheres saibam disso. 

Entretanto, meu amigo, para fazer com que uma mulher chegue a tal ápice durante a prática, é preciso ter muita técnica e paciência, afinal, sexo anal é algo que não pode ser feito com pressa, principalmente se é a primeira vez da mulher. 

De acordo com a sexóloga Carla Cecarello, do site C-date, seguindo alguns passos simples é possível fazer com que a parceira sinta o máximo de prazer possível, chegando ao tão desejado orgasmo anal. Quer saber como? Então confira as dicas. 

#1 – USE LUBRIFICANTE. Isso porque o ânus não tem lubrificação própria que nem a vagina. “Então é necessário lubrificar, mesmo que se use preservativo”, afirma Carla. Procure utilizar lubrificante a base de água em cima da camisinhha, a partir disso já pode ser feita a penetração.

#2 – VÁ COM CALMA. Para quem está iniciando a prática do sexo anal, saiba que nunca se deve começar com a penetração direta do pênis. Atualmente, existem muitos recursos que podem se utilizar para isto como, por exemplo, os plugs que possuem vários tamanhos. “Também existem as ‘bolinhas anais’, feitas de borrachinha para introduzir no ânus”, lembra a especialista. “Mas caso o casal não possa comprar nada disso, simplesmente usem o dedo”, completa. 

#3 – ESTIMULE OUTRAS ÀREAS. A penetração anal não traz nenhum tipo de benefício para a mulher. Por isso, quando for fazer a penetração, é muito importante que seja feita estimulando o clitóris ao mesmo tempo. Isso deixará a mulher mais relaxada e excitada.

#4 – CADA LUGAR UM LUGAR. Nunca se deve tirar o pênis do ânus e logo após introduzir na vagina com o mesmo preservativo ou sem fazer uma higienização. Fazendo isso, você estará levando todo o tipo de bactéria infecciosa para vagina.

#5 – DE OLHO NAS POSIÇÕES. Quem está iniciando a prática não deve fazer posições como “quatro” ou “papai e mamãe”. “O ideal é que seja feita de ladinho, que é uma ótima penetração para a mulher. Assim ela vai conseguir controlar melhor a situação e o seu próprio prazer”, conclui Carla.


Sobre Nathalia Marques
Curiosa e heavy user de internet, sempre amou tudo que envolve o universo do jornalismo. Nas horas vagas é fotógrafa, mãe de cachorro e leitora compulsiva.
[+] Artigos de Nathalia Marques

Nenhum comentário:

Postar um comentário